Refugiados

Janeiro 2018
15:00

Zola Star (Angola)

3,0 4 x
Zola Star veio para o Brasil há 20 anos, fugindo da guerra civil em Angola. Através de sua paixão e vocação para a música, percebeu que aqui não estava tão distante da África.
Dezembro 2017
11:00

Mariama (Gâmbia)

3,0 0 x
O casamento e a maternidade precoce impulsionaram Mariama Bah a sair da Gâmbia e vir para o Brasil, onde ela realizou seu maior sonho: voltar a estudar.
14:00

Robert (Haiti)

3,0 7 x
Bob Montnard saiu do Haiti depois do terremoto que destruiu o país em 2010. No Brasil, ele criou a ong Mawon, que auxilia refugiados e imigrantes em situação de vulnerabilidade
14:00

Nelly (Colômbia)

4,0 7 x
Devido à guerrilha em seu país, a colombiana Nelly Camacho teve que deixar os filhos e a profissão para trás e recomeçar sua vida no Brasil. Hoje, a ex-professora é artesã e cozinheira.
13:00

Hadi (Síria)

3,0 8 x
O sírio Haddi Bakour viu sua cidade natal Alepo ser destruída e teve que cruzar os oceanos para desfrutar sua juventude. O ex-estudante de economia agora quer viajar o mundo fazendo teatro.
Novembro 2017
15:00

Keto (Congo)

3,0 16 x
Keto Kabongo não teve muita escolha. O Brasil era na verdade o destino do barco que o aceitou em sua fuga do Congo. O destino o levou a um ateliê de cerâmica e ao reencontro com sua antiga profissão.
Arquivo