Um Copo De Veneno

Março 2020

Quadro Final: A Trégua

3,0 2 x
No episódio final da série, Cida Moreira fala sobre a insatisfação constante do ser humano e reflete sobre todas as fases da vida.

Nono Quadro: O Pó

4,0 0 x
No nono episódio da série, Cida Moreira reflete sobre a falta de perspectiva no final da vida, tristeza e a insignificância da existência.
Fevereiro 2020

Oitavo Quadro: A Promessa

3,0 3 x
No oitavo episódio da série, Cida Moreira critica a alienação religiosa, as pessoas que lucram a partir da fé alheia e a imposição de conduta promovida pelo falso moralismo.

Sétimo Quadro: A Voz

3,0 4 x
No sétimo episódio da série, Cida Moreira recebe a presença ilustre da cartunista Laerte Coutinho para abordar questões como o reconhecimento artístico e a efemeridade do sucesso.

Sexto Quadro: O Pavio

3,0 4 x
No sexto episódio da série, Cida Moreira aborda o genocídio do povo negro nas favelas e satiriza a cobertura sensacionalista que normatiza a violência policial.

Quinto Quadro: A Cifra

4,0 4 x
No quinto episódio da série, Cida Moreira critica as desigualdades sociais provocadas pelo progresso e as noções de sucesso e fracasso geradas pelo poder do capital.
Janeiro 2020

Quarto Quadro: O Recado

4,0 6 x
No quarto episódio da série, Cida Moreira manda um recado sobre o sofrimento que envolve o término de um relacionamento cujo amor nunca esteve presente.

Terceiro Quadro: A Renda

4,0 2 x
No terceiro episódio do programa, o amor é o tema principal. Cida Moreira fala acerca das desilusões, da necessidade de valorizar a si mesmo e da falta de sentimentos verdadeiros.

Segundo Quadro: A Estreia

4,0 1 x
No segundo episódio do programa, a personagem de Cida Moreira se vê alienada diante da televisão, reflete sobre a efemeridade da vida e parte em busca de um recomeço.

Primeiro Quadro: O Galo

3,0 1 x
No episódio inicial, a cantora, atriz e pianista Cida Moreira assume diferentes personas no comando de um cabaré alucinado com doses ácidas de música e poesia.
Arquivo