O Dono Do Lar

Setembro 2020

Cabo da discórdia

3,3 44 x
Cansado das mesmices da TV aberta e das reclamações da família, Américo decide, com a ajuda de Cris, instalar o seu próprio ponto de TV a cabo, mas acaba gerando problemas.

Manjando dos Paranauês

4,3 47 x
Américo precisa consertar o varal da casa que arrebentou e aproveita umas cordas que estavam sobrando no quintal. O problema é que elas eram da turma de capoeira do Cris.

De perna bamba

2,5 29 x
Luciana pede para Américo consertar o sofá da sala, que está pronto para desmontar a qualquer momento. Sem dinheiro, ele improvisa soluções que só pioram o estado do sofá.

Debaixo do tapete

4,0 12 x
Américo lava o tapete da sala, que está atacando a alergia de todos, mas no processo ele acaba manchando. Ele corre contra o tempo para limpar antes que Luciana volte pra casa.

Vestindo a Camisa

4,0 19 x
O colégio de Michele vai organizar uma festa das famílias e Américo ficou encarregado de produzir camisetas em homenagem à sua família, só que mais uma vez ele acaba se atrapalhando.

Que Roubada

4,5 16 x
Américo precisa ajudar Luciana com as contas de casa e, para isso, revende a moto de um amigo do Cris. O problema é que o amigo e a moto são de origem duvidosa e acabam colocando os dois em uma roubada... Literalmente!

Partiu Bloco

4,0 22 x
Um bloco de carnaval está concentrado em frente à casa de Américo e ele, casado e responsável pelos afazeres domésticos, precisa resistir à tentação de não cair na folia. Mas uma saidinha rápida não faz mal a ninguém.

PVC

4,0 25 x
Comprando os ingredientes na quitanda para fazer a feijoada que Doralice mandou, Américo arruma uma confusão e machuca as costas. Todo travado, ele precisa decidir se dá um jeito nas costas ou na feijoada.

Saga da Quentinha

3,0 17 x
Américo está fazendo quentinhas para fora, mas acaba queimando a comida. Para não perder os pedidos, reaproveita os ingredientes de uma feijoada encomendada por Doralice. O problema é que a feijoada era pra ser vegana.

Ar Condicionado

4,5 13 x
O ar condicionado do quarto de Américo e Luciana está quebrado na noite mais quente do ano e, para piorar, Cris acaba vendendo o aparelho em troca de um chocolate importado. Sem dinheiro, Américo precisa dar seu jeito.
Arquivo